terça-feira, 6 de junho de 2017

Ex Policial acusado de bater na mulher até a morte vai enfrentar júri popular em Senhor do Bonfim

Julgamento será presidido pelo juíz  Teomar Almeida de Oliveira; réu é acusado de homicídio qualificado.

O ex policial civil e militar de Senhor do Bonfim, João Santos Macêdo, será julgado no Fórum Desembargador Edgard Simões, no próximo dia 13 de junho. Ele é acusado de bater na mulher até a morte e com requintes de crueldade.
O crime chocou a população bonfinense. Márcia Regina, esposa do acusado, foi algemada e submetida a uma verdadeira sessão de tortura, foi espancada até morrer. O crime foi cometido na casa do casal, e o lugar escolhido pelo esposo foi o quarto dos próprios filhos.
João Macedo, tentou simular um acidente e contou com a participação do irmão Renato Macêdo para concretizar a encenação. Já sem vida, Márcia Regina, foi colocada no banco dianteiro do veículo conduzido pelo esposo, que passou pelas ruas da cidade tentando causar a impressão que sua esposa ainda estava viva.
A farsa logo foi descoberta, a polícia desconfiou da história contada pelos irmãos Macedo e iniciou imediatamente uma investigação​.
Márcia, foi espancada por cerca de quinze minutos, indefesa, teve ossos fraturados e órgãos internos estourados. Exames de luminol, mostraram o rastro do sangue na casa da vítima.
Autor da morte, João Macedo ainda foi para a Missa de Sétimo Dia.
.
Blog do Walterley

Nenhum comentário:

Postar um comentário