quarta-feira, 3 de maio de 2017

O BIXO PEGOU:CONFUSÃO NA AL-BA: MARCEL, TARGINO E EDUARDO SALLES BRIGAM DURANTE SESSÃO











Uma confusão protagonizou a sessão plenária desta quarta-feira (3) na Assembleia 
Legislativa da Bahia. Os deputados Marcell Moraes (PV) e Eduardo Salles (PP), 
que já duelam no campo político, partiram para agressão física. Os dois trocaram 
socos em meio ao plenário da Casa. A briga teve início durante um 
pronunciamento do deputado Marcell Moraes. O verde criticava o fato da Casa não 
realizar as sessões por falta de quórum. No momento da fala, Salles adentrou o 
plenário e Marcell provocou o colega por ter chegado atrasado na sessão. Ao 
encerrar a sessão, Salles partiu apara cima de Marcell que foi apartado pelos 
deputados Soldado Prisco e Targino Machado (PPS). 
“Não teve sessão porque foi pedido verificação de quórum. Ele [Eduardo Sales] 
chegou atrasado e eu estava falando, constantemente ele falta, após eu falar isso
 ele pediu questão de ordem  [porque foi citado] e a sessão encerrou. Ele
 me engarguelou, me pegou desprevenido, Targino viu e partiu para cima dele para 
ele me soltar. E a confusão gerou no plenário”, contou Marcell. 
Já Eduardo Salles afirmou, que ao entrar no plenário, após sessão iniciada ouviu
 Marcel o agredir verbalmente. “Entrei no plenário e pedi questão de ordem 
pois meu nome havia sido mencionado. Faltava um minuto para encerrar a 
sessão. Queria fazer um contraponto às palavras que ele fez”, contou. Ele justificou
 o atraso, afirmando que a sessão especial iniciada pela manhã terminou ás 13h30 e 
após o almoço retornou ao plenário.  "Ele [Marcel] foi até o deputado Targino e pediu 
para ele segurar a palavra e eu não ter tempo de me defender. A sessão acabou e 
eu e Marcelo tivemos uma discussão mais áspera. Nada demais, coisas que acontecem
 no parlamento”. 
Machado afirmou que vai solicitar ao Conselho de Ética a punição de Salles. "A Bahia 
gastando milhões para manter essa esculhambação. Eu disse para Eduardo bater em 
homem e não em um menino". 
Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário