domingo, 13 de novembro de 2011

PERSEGUIÇÃO E MORTE EM SERRINHA.


PERSEGUIÇÃO E MORTE EM SERRINHA.

Um mototaxista foi morto a tiros, por volta das 10h30 desta sexta-feira (11), na Avenida ACM, próximo ao Ginásio de Esportes, em Serrinha. Segundo a Polícia Militar (PM), dois homens, entre eles um adolescente, são suspeitos de praticar o crime.
Segundo informações de testemunhas, o mototaxista Roberto de Jesus Ribeiro, 23 anos, conhecido como “menininho”, que morava na Rua Ipecaetá, no bairro da Cidade Nova, levava um passageiro no momento em que foi surpreendido pela dupla. Os homens realizaram os disparos que atingiram o tórax e as costas da vítima.
O passageiro, um homem identificado apenas pelo apelido de “Dão”, conseguiu correr sem ser baleado. Um policial militar do 16º BPM que estava à paisana e passava pelo local no momento do crime ouviu os disparos e viu os dois suspeitos em uma moto Honda, modelo Pop, placa NZH-2911, fugindo pela contramão e em alta velocidade.

O PM que também estava em uma motocicleta saiu em perseguição e conseguiu interceptar a dupla na BA-409, na altura do posto de combustível Coité (saída de Serrinha para Conceição do Coité) onde deu voz de prisão.

O reforço foi acionado e conduziu Mateus Costa Silva, 20 anos, conhecido como “vovô”, morador da Rua do Fogo, no bairro do Cruzeiro, para a 1ª Delegacia Territorial (DT) de Serrinha. O menor de iniciais J. S. S., de 17 anos, morador do bairro da Estação, foi apreendido e encaminhado ao Juizado Especial. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 32 foi recuperada. “Mesmo sem farda sou policial e tenho que intervir quando o crime acontece”, disse o PM ao ser cumprimentado pelos colegas.

De acordo com o que a polícia conseguiu apurar até o momento, o principal alvo dos atiradores era o carona da moto que conseguiu se livrar dos tiros e saiu correndo. Ele foi localizado pelos investigadores do Serviço de Inteligência (SI) da 15ª COORPIN e apresentado ao delegado Daniel Fiúza, titular da DT, para prestar depoimento.

Veja outras imagens

O acusado do crime Mateus Costa Silva, 20 anos, foi preso por um policial militar à paisana
O crime aconteceu às 10h30 desta sexta-feira (11)
A dupla tentou fugir nesta motocicleta Honda Pop
Policiais acreditam que o mototaxista morreu por engano
O mototaxista morreu e o passageiro conseguiu fugir

Nenhum comentário:

Postar um comentário